Publicidade
Poupe Tempo - O site de informações da comunidade brasileira
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
CANAIS
Adoções
Animais
Crianças
Consumidor
Código de defesa do consumidor
Onde Reclamar
Automóveis
Compra e Venda
IPVA
Licenciamento
Seguro Obrigatório
Seguro Particular
Consulta de CEP
Documentos
Carteiras Especiais
Carteira de Motorista
CPF
Licenças
Passaporte
Registro Geral (RG)
Título de Eleitor
Desaparecidos
Procedimentos
Ajuda
Estradas
Auto Ban
Ecovias
Nova Dutra
Via Oeste
Estudantes
Carteira de Estudante
Crédito Educativo
Descontos para Estudantes
Imposto de Renda
Justiça
Onde Reclamar
Pequenas Causas
Meio Ambiente
Ar
Água
Lixo
Poda
Multas de Trânsito
Consulta de Multas
Como Recorrer
Valores
Óbito
Previdência Social
Auxílios
Beneficios
Guia do Segurado
Pensão
Salário-Maternidade
Tabela do INSS
Tipos de Aposentadorias
Previsão do Tempo
Regiões do Brasil
Estados do Brasil
Prognóstico de Chuvas
Imagem do Satélite
Segurança
Carro
Cartão
Casa
Prédios
Rua
Viagens
Seguro Particular
Golpes
Sequestros
Trabalhador
Carteira de Trabalho
Onde Reclamar
FGTS
PIS
Seguro Desemprego
POUPE TEMPO
Cadastre-se
Anuncie no Poupe Tempo
Fale Conosco
 
Segurança
Data da entrevista: 
 
Ao contratar um empregado doméstico para sua casa, você deve tomar alguns cuidados. A Polícia Civil de São Paulo mantém uma Delegacia Especializada em Comércio Ilegal de Ouro, Pedras Preciosas e Falsos Domésticos, no Depatri-Departamento de Combate aos Crimes Patrimoniais. Seu delegado-titular, Dr. Édson Santi, nos dá algumas orientações sobre a maneira mais confiável de se contratar um empregado doméstico: cozinheiro, faxineiro, diarista, porteiro, mordomo, jardineiro ou motorista particular.

A grande maioria desses profissionais é honesta. Mas uns poucos acabaram provocando a desconfiança na sociedade. Por isso, você deve ficar alerta ao contratar um funcionário para sua casa. O delegado Édson Santi afirma que a primeira medida a ser adotada é exigir referências pessoais do candidato.

Poupetempo: Como se deve proceder para receber uma referência idônea?

Dr. Édson Santi: As consultas devem ser feitas pessoalmente e nunca por telefone. Falsos domésticos costumam usar referências feitas por comparsas, através de carta e, principalmente, de telefones comunitários e celulares. Por isso, é preciso saber quem exatamente está dando boas informações sobre aquele profissional.

Poupetempo: Isso só basta para contratar um empregado com segurança?

Dr. Édson Santi: Não. Além disso, como um segundo passo, você deve ir pessoalmente onde o candidato mora, checar seu endereço e suas relações familiares.

Poupetempo:
Tem um velho ditado que diz que a ocasião faz o ladrão. Isso se confirma no dia-a-dia?

Dr. Édson Santi: Tem sido comum a ocorrência de pequenos furtos em residências, realizados por uma minoria de falsos domésticos. Por isso, é sempre bom não deixar expostos jóias, dinheiro, etc. A vida privada da família deve ser sempre preservada.

Poupetempo:
No caso de grandes roubos em residências, temos notado que os marginais chegam ao local com informações detalhadas da família. Como fazer para evitar isso?

Dr. Édson Santi: É importante se tratar bem qualquer funcionário. Mas é preciso evitar comentários sobre situação financeira da família, atividades profissionais, etc., na frente dos empregados. Em alguns desses roubos, o funcionário acaba figurando como informante aos bandidos. O simples comentário num bar pode despertar o interesse dos marginais.

Poupetempo: O senhor tem prendido quadrilhas especializadas em roubar edifícios de luxo. Como fazer para evitar esses roubos?

Dr. Édson Santi: É importante que o condomínio não gaste dinheiro apenas com equipamentos de segurança. Eles são importantes, mas sem um bom treinamento dos funcionários, de nada adiantam. É comum chegarmos à portaria de um prédio e, sem nos identificarmos, o funcionário abre a porta, só pela aparência do visitante. Bandido hoje veste roupa de grife e até terno e gravata. Todo mundo deve ser identificado e só liberado o acesso ao prédio mediante autorização do morador procurado.

Poupetempo: A Polícia Civil de São Paulo ajuda na seleção de empregados domésticos?

Dr. Édson Santi: Nós apenas orientamos às pessoas que nos procuram. Temos um cadastro de "procurados" e tipos de golpes aplicados. Além das medidas pessoais de referência, o cidadão pode consultar nossa Delegacia através do telefone (0xx11) 6221-3907, de segunda a sexta, no horário comercial. A nossa Delegacia no Depatri é Especializada em Comércio Ilegal de Ouro, Pedras Preciosas e Falsos Domésticos.
 
Publicidade Se você procura os serviços
do poupa tempo clique aqui.